Archive for Rick Riordan

[BLOG] Leituras recentes do Rick em Junho

Rick Riordan postou em seu blog sobre os livros que leu recentemente.

Como sempre, as minhas leituras recentes foram ecléticas, mas coisas maravilhosas!

best-served-cold-by-joe-abercrombie-trade

Primeiro: fantasia adulta Best Served Cold de Joe Abercrombie. Amei a trilogia The First Law do Abercrombie, que se passa em um rico e quase real mundo fantasioso, com um ótimo grupo de personagens. Normalmente hesito em ler fantasias standalone como Best Served Cold. Prefiro séries, para poder me familiarizar com os personagens por mais tempo, mas eu estava ansioso para revisitar o mundo do Abercrombie, então peguei Best Served Cold, e estou contente por ter pego. Quando a general mercenária Monza Murcatto é brutalmente traída por quem a contratou, ela decide se vingar de todas as pendências, ignorando as consequências. Parece um enredo simples, mas o jeito que a história se desenrola não é nada simples. Lealdades mudam, o bem e o mal se tronam crescentemente difíceis de distinguir, amigos se tornam inimigos que se tornam amigos novamente. Os relacionamentos e reviravoltas da sorte punem e torcem tanto quanto Game of Thrones, e eu digo isso como um elogio. Abercrombie faz você se importar com cada personagem, não importando o quão imperfeitos eles são. É ótimo, também, ver alguns conhecidos antigos da série The First Law aparecendo aqui e ali nesse livro. Se você está procurando por uma série cativante com aventura épica, violência de sobra, e personagens tridimensionais (pelo menos até o autor clocá-los no triturador de carne e eles saírem moídos!) definitivamente dê uma checada no trabalho do Abercrombie.

13555073

Minha recomendação do mês para jovens adultos — o que não é realmente justo já que eu li a continuação e ela não lança até setembro — é Lockwood & Co.: The Screaming Staircase de Jonathan Stroud. Vocês devem estra familiarizados com a série mais recente do Stroud sobre o gênio Bartimaeus, e como Bartimaeus, Lockwood & Co. oferece uma Inglaterra moderna alternativa  – um mundo brilhantemente apresentado onde “o Problema” inexplicavelmente fez fantasmas correrem soltos e destruírem a vida dos mortais. Nessa nova realidade, agências privadas surgiram para combater os sobrenaturais, e confiam em crianças para serem seus agentes, já que apenas seus sentidos são fortes o bastante para detectar e combater fantasmas. Depois de um acidente terrível em seu vilarejo natal, Lucy Carlyle foge para Londres onde ela se junta à uma pequena agencia de luta, Lockwood & Co., comandada pelo jovem e impetuoso (possivelmente imprudente de mais) Anthony Lockwood. Logo eles estão embrenhados em um mistério que pode custá-los sua agência e sua vida. Antigos males, assassinatos não resolvidos, fantasmas poderosos e mortais abomináveis — essa história vai te fazer continuar lendo tarde da noite, mas você vai querer deixar as luzes acesas. Stroud é um gênio em criar um mundo completamente possível, que é bastante similar ao nosso, mas assustadoramente diferente. Ponha The Screaming Staircase na sua lista de ‘preciso ler’  quando ele lançar em setembro!

04-25bhill_full_600 (1)

A minha não-ficção do mês… bem, costumava ensinar história americana, e acabei de me mudar para Boston, então naturalmente eu precisava checar Bunker Hill de Nathaniel Philbrick. Uma visão cativante dos personagens que contribuíram para os eventos recentes da Revolução Americana, Bunker Hill recapitula os anos 1770 e nos lembra que a Guerra Revolucionária não foi nada além de infalível, e que o resultado dessa guerra não era nem um pouco predestinado. Tantas coisas poderiam ter mudado o curso da história, e Philbrick nos ‘embute’ com a milícia colonial e as forças inglesas para vermos de perto como as coisas foram caóticas. Especialmente amei aprender sobre os detalhes bizarros de Boston nessa época: as guerras do dia do papa entre o extremo norte e o extremo sul (imaginem um jogo bem turbulento de captura a bandeira), as vacas que lutaram com os soldados ingleses durante a servidão, já que era aí que os rebanhos geralmente pastavam, o jeito que George Washington olhou para as tropas estrangeiras com desdém e desgosto, e teve que controlar suas próprias emoções antes de controlar seu exército. Se você gosta de história, essa é uma rápida, fascinante leitura!

15852479

Difícil de dizer o que me atraiu para esse livro — o nome do autor é simplesmente incrível. A capa atrai o olhar. As resenhas foram positivas. E também, há muito tempo tenho interesse na história dolorosa de Zimbabwe (antes a colônia inglesa Rhodesia) desde que tentei descobrir como ensinar esse muito complexo assunto e fazê-lo com justiça na minha sala de estudos sociais do ensino fundamental. (Não posso dizer que eu alguma vez realmente obtive sucesso.) Bulawayo escreveu uma dura e bonita história — uma biografia fictícia — sobre uma jovem garota, Darling, crescendo numa favela de Zimbabwe chamada Paradise. As palavras Zimbabwe e Mugabe nunca aparecem no livro, que de alguma forma faz a sensação do lugar e a ameaça do presidente sempre o mais reais. Bulawayo foi brilhante mostrando-nos Zimbabwe pelos olhos de uma garota de dez anos, Darling e suas amigas. Até as cenas mais horripilantes e de cortar o coração são levedadas pela incredulidade das crianças, desafiadoras da malícia e com explosões de humor. A linguagem é simplesmente linda — leve, genuína, evocativa. O mais impressionante, Bulawayo mantém a narrativa simplesmente obrigatória quando (quase um spoiler, mas não de verdade) Darling se muda para a América no meio do caminho pelo livro. Esse seria um lugar natural para um livro perder a força, mudar as características após uma vívida primeira metade, mas a história de Darling continua obrigatória, e vemos a América refrescada pelo olhar dela. O que significa ser americano? Ser africano? À onde Darling pertence e qual é ‘o país dela’? O livro não oferece nenhuma resposta fácil. Isto seria impossível. Com a imigração como um tópico policial mais quente que nunca, We Need New Names nos oferece uma maravilhosa, intensamente pessoal perspectiva sobre o que significa ser um imigrante na América moderna. Altamente recomendado do ensino médio para cima, e a cena que dá ao livro o seu título… wow. Tão áspera, não posso fazer justiça descrevendo-a, então não tentarei. Mas vocês verão quando o lerem.

 

Fonte

Atualizações diretas da Casa de Atena

As últimas novidades sobre os Riordans? Nós nos mudamos de San Antonio para Boston! Por quê? Longa história, mas principalmente porque nossos garotos encontraram escolas aqui que amaram (ensino médio e faculdade, respectivamente.) e nós quisemos ficar perto deles! Becky é originária da Costa Leste, e nós sempre quisemos experimentar essa parte do país. Daí então, estamos aqui por alguns anos.
Mesmo assim nós continuarmos organizando as caixas e tentando encontrar a escova de dente. Todas essas coisas divertidas que vêm juntas com as mudanças, mas nós amamos nossa nova casa. Nossa casa em San Antonio tinha sido batizada de Casa de Zeus porque foi pintada numa cor cinza esverdeada chamada de ‘Zeus’. Em Boston, o interior da casa foi pintada em um tom cinza esbranquiçado chamado de ‘Atena”, então, naturalmente, essa é a Casa de Atena.

Do7tiEF

Speedy não estava muito confiante em viajar de avião, mas ela se saiu bem:

Do7tiEF

Agora eu estou estabelecido no meu novo escritório, onde o Leão de Nemeia fica me encarando o dia todo da lareira me lembrando dos prazos. Acima da cornija da lareira está a minha obra de arte favorita: uma quimera de Oaxaca esculpida por Jacobo Angeles e pintada por sua esposa Maria Angeles. Ela é feita de um único pedaço de madeira de copal, e os detalhes que eles puseram são simplesmente incríveis. É uma parte tartaruga, um veado e outra serpente. Jacobo me disse que esses animais representam a força e a perseverança. Junto com o leão, Señor Chimera inspeciona minhas escritas e me provém inspiração.

IMG_0316

IMG_0318

Speedy e Tribble aproveitam a vista do escritório:

IMG_0317

Às vezes, Speedy também me ajuda enquanto estou escrevendo me dando sugestões úteis:

20130610_094059

A maioria das suas sugestões são: “Hora de passear?”.

E você não consegue superar a vista do telhado da Casa de Atena. Eu tirei boas fotos, mas aqui está o pôr-do-sol do outro lado do Charles River:

20130528_192533

Nossa aventura favorita até agora? Semana passada foi o meu aniversário, o da Becky e o do nosso casamento. Sim, eles todos são no mesmo dia, 5 de Junho. E se você quer saber, Becky é trinta minutos mais velha do que eu. Pelo nosso aniversário, nós pegamos uma balsa de Boston até Provincetown, mais especificamente no extremo de Cape Cod, lugar que visitamos há vinte anos na nossa lua de mel. Foi um belo dia e uma viagem maravilhosa.

IMG_4562IMG_4570IMG_4575

Eu visualizei um obelisco no lado de fora do Fort Independence em Castle Island, algo que Carter e Sadie sem sombra de dúvidas se interessariam:

IMG_4538

Uma casa em Provincetown tinha uma quimera gigante de metal no jardim:

IMG_4605

Eu também espiei alguém nos observando de uma janela na Commercial Street. Bastet, é você?

IMG_4608
Eu planejo gastar o verão todo terminando o Livro de Deuses Gregos de Percy Jackson – uma coleção dos mitos originais contadas pelo ponto de vista de Percy Jackson. Uau, esse livro é divertido de se escrever, e eu preciso admitir que é ótimo contar história (ou histórias, no plural) na voz de Percy de novo. Mais informações sobre a data de lançamento depois, mas não se preocupe quanto a Casa de Hades. Está em processo de edição, e a minha parte está mais ou menos pronta. Está marcado para lançar dia 8 de outubro. Até lá, há muito que se fazer: composição ortográfica, revisão, impressão das versões físicas, etc., etc.
Lembrando que a versão eletrônica de “Filho de Sobek” estará disponível para vendas na sua e-retailer favorita em 18 de junho. E vai incluir juntamente uma versão em áudio (lida por mim!) junto com uma pequena parte do primeiro capítulo de A Casa de Hades.

E agora, de volta para o trabalho! Eu vou postar novamente em breve sobre o que estive lendo nesse verão.

Fonte: Blog Myth & Mystery

Eventos de lançamento de A Marca de Atena

Os eventos de lançamento do livro A Marca de Atena  ocorreram entre os dias  17/05 e 19/05. O evento em Belo Horizonte organizado pelo Percy Jackson Brasil aconteceu no dia 18/05. O evento em BH aconteceu na Livraria Leitura localizada no BH Shopping às 10 horas e 30 minutos e teve termino às  12 horas e 30 minutos. Durante o eventos os participantes foram premiados com vários prêmios, incluindo, bottons, marca paginas, canetas entre outros.

A participante Laura Oliveira se posicionou dando o seguinte depoimento sobre o evento: “As atividades foram legais, gostei muito, apesar de que não esperava que tivessem atividades que precisassem da leitura do livro, já que era um evento de lançamento e poucos tinham lido.”

Lembrando que o proposito do evento ser alguns dias depois da distribuição do livro pelo país, é justamente permitir que as pessoas possam participar das atividades que tenham como base o livro.

Evento

Confira mais fotos do evento clicando aqui.

O evento em SP teve duas sessões e ocorreu no dia 19/05

Fotos retiradas durante primeira sessão do evento

Se possuir fotos de algum dos eventos de A Marca de Atena mande para o e-mail [email protected]

[BLOG] O deus de ir para a faculdade.

Sexta feira, dia 24 de maio, Rick Riordan postou em seu blog mais um fato curioso sobre a ida de seu filho Haley a faculdade. Segue abaixo a tradução do post.

O Deus de ir para a faculdade

postblogpjo

Para a formatura do Haley, minha mãe fez uma escultura de parede (não é a da foto) para ele pendurar em seu novo canto na faculdade. É uma cara de cerâmica com chifres e é uma interpretação da escultura antiga que você vê acima, que representa o deus Cernunnos.

Ela escolheu Cernunnos porque ele é verdadeiramente um mistério. Ele é um deus celta, mas não sabemos quase nada sobre ele. Apenas algumas imagens dele permanecem, e seu nome só aparece em um lugar – em um pilar erguido por marinheiros da era romana sobre o rio Sena que agora fica em Paris.  Devido a isso, a coluna é chamada de Pilar dos Barqueiros. A escultura foi descoberta sob as fundações da Catedral de Notre Dame.

Como você pode ver na escultura, Cernunnos é um cara barbudo com chifres, e tem um anel de metal em torno de cada um de seus chifres. Seria ele o deus dos jogos de lançar argolas? Você ganhava um bicho de pelúcia se acertava um de seus chifres? Eu não sei. Na verdade, ninguém sabe. Ele poderia ter sido um deus da natureza por causa dos chifres. Ele poderia ter sido um deus dos navegantes, desde a sua coluna foi esculpida por marinheiros no Sena.

Minha mãe decidiu que ele pode ser o deus de qualquer coisa que o Haley queira, já que Cernunnos é esse grande mistério. Portanto  Cernunnos está indo para a faculdade com Haley, e eu acho que nós vamos ter que ver do que ele é deus – espero que de coisas maravilhosas!

Fonte: Myth & Mystery 

A pasta do Projeto Happy Bday Rick Riordan 2013

Em março anunciamos o Projeto Happy Bday Rick Riordan 2013. Juntamos todas as cartas recebidas até dia 15 de maio e montamos a pasta (que já foi enviada para o Rick Riordan). Vejam como ficou:

SAM_3178

SAM_3179

SAM_3180

SAM_3181

SAM_3182

SAM_3183

SAM_3184

SAM_3185

SAM_3186

SAM_3187

SAM_3188

 

Esperamos que ele goste =)

[BLOG] Formatura, A Próxima Geração.

Hoje, 19 de maio, Rick Riordan postou em seu blog sobre a formatura de seu filho Haley, quem o inspirou a escrever Percy Jackson e os Olimpianos, e sobre uma tradição familiar bem engraçada. Segue abaixo a tradução do post.

Formatura, A Próxima Geração.

Um pouco da diversão da família Riordan para vocês: Ontem, nosso filho mais velho Haley se formou no ensino médio, o que foi um grande marco. Como você deve saber, Haley foi a razão pela qual eu escrevi os livros de Percy Jackson, já que começou como histórias de ninar para ele quando estava na primeira série e estava tendo dificuldade com a leitura. Agora ele está indo muito bem, e na verdade acabou de editar o manuscrito de seu primeiro romance!

O dia da formatura me fez pensar na minha própria formatura, em 1982. Uma das coisas mais engraçadas que aconteceu foi o bolo que minha avó escreveu com cobertura congelada para mim. Ela acidentalmente grafou “graduado” como “gradudo” e nós demos boas risadas disso. Eu devo ter mencionado que a dislexia corre pela família …

A imagem abaixo é de mim com minha mãe depois da minha formatura, em 1982, com o bolo:

postpjbr

Avançando rápido para este fim de semana, minha mãe continuou a tradição e fez para Haley um bolo com graduado grafado incorretamente de proposito. Aqui estão eles:

gradhaley

Nós Riordans, nós aprendemos as coisas muito bem.

 

Fonte: Myth & Mystery 

Disponível a Pré-venda do audio e-book

A pagina oficial de As Crônicas dos Kane no facebook anunciou a pré-venda do audio e-book, The Son of Sobek, gravado pelo Rick Riordan.

 

Image
Son of Sobek agora está disponível para pré-venda! Obtenha aqui:

Amazon: http://amzn.to/110Hcxt
B&N: http://bit.ly/107URHi
iTunes: http://bit.ly/110He8r

Fonte: The Kane Chronicles Official Page

[ATUALIZADO] O Filho de Sobek à venda no Brasil!

Sem qualquer anúncio prévio, surpreendendo a todos os semideuses, O Filho de Sobek, crossover entre as séries Percy Jackson e As Crônicas dos Kane, foi traduzido pela Editora Intrínseca e já se encontra à venda no formato ePUB (livro digital). Com o preço de R$ 4,99, pode ser comprado pela Saraiva através deste link. Confira a capa brasileira e a sinopse oficial:

imagem

Percy Jackson encontra Carter Kane em mais uma eletrizante aventura do autor best-seller Rick Riordan. Ao investigar os ataques de um crocodilo imenso contra pégasos em Long Island, o grande herói do Olimpo conhece o líder da casa do Brooklyn, que também está no rastro da fera. Os dois se unem para combater o terrível filho de Sobek, mas as dúvidas são muitas: por que há um monstro egípcio atacando mitos gregos? Será que a união de forças dos dois heróis será suficiente para derrotar a fera? E a mais importante: quem estaria por trás desse terrível evento?

[ATUALIZADO] A Intrínseca fez uma matéria no Blog das Séries anunciando o lançamento do livro e fornecendo novos links de compra. Para acessá-la, clique aqui.

Obs: Para quem está se perguntando se O Filho de Sobek será lançado na versão impressa, a editora respondeu que, a princípio, estará disponível apenas em e-book, já que conta com pouco mais de 30 páginas. Se a história será anexada a algum livro impresso da série no futuro, é impossível afirmar.

Rick Riordan como novo ídolo juvenil

A área de entretenimento do site R7 postou sobre nosso querido escritor Rick Riordan:

a-marca-de-atena-rick-riordan-literatura-700

Marca de Atena, do autor Rick Riordan, é uma aventura para os despretensiosos e para os fãs é uma leitura de eletrizante. De uma forma singela e muito inteligente, o autor narra a saga dos semideuses olimpianos contra Gaia, mãe da Terra.

Nesta série, os personagens já conhecidos em Percy Jackson e os Olimpianos, estão em busca de paz entre o Acampamento Meio-Sangue (Grego) e o Acampamento de Júpiter (Romano), mas diversos confrontos acontecem para que esse objetivo não seja concretizado.

Os semideuses estão atrás da marca de Atena, entretanto precisam passar por diversas armadilhas até desvendarem por completo o significado da profecia dos sete.

Annabeth Chase, filha de Atena, é a personagem central desse enredo, uma vez que detém o significado da marca de Atena.

Percy e os outros personagens narram à história de seus pontos de vista, mas é Annabeth, “a filha da sabedoria caminha solitária”, quem possui maiores responsabilidades.

A obra agrada com uma pitada de humor ao meio de dragões, espíritos possessor, desafios da morte, ninfas sedentas por sangue e deuses encorajando sacrifícios.

Os tripulantes de Argo II caminham para uma jornada cheia de emoção e aventura.

Fonte: R7 Entretenimento

Capa de The Son of Sobek revelada!

O USA Today revelou hoje a capa do e-book The Son of Sobek e postou também uma entrevista sobre a história com Rick Riordan.

Do7tiEF

Revelação de capa: Os heróis de Rick Riordan se encontram em ‘The Son of Sobek’

Não é um mito. A história de Rick Riordan com mistura de livros que os jovens fãs de mitologia estavam pedindo está a caminho. E aqui está uma espiadinha exclusiva na capa do e-book onde tudo acontecerá.

Os heróis de duas das séries campeãs de vendas de Rick Riordan, Percy Jackson (de Percy Jackson e os Olimpianos) e Carter Kane (de As Crônicas dos Kane), ficam cara a cara na curta história “The Son of Sobek” (O Filho de Sobek), sendo lançada hoje da edição de capa de papel do livro 3 de As Crônicas dos Kane: A Sombra da Serpente, e como um livro avulso no dia 19 de Junho.

Em “The Son of Sobek,” Carter está investigando rumores de um monstro avistado em Long Island quando esbarra em Percy. E a primeira interação dos dois não é necessariamente legal, diz Riordan, mesmo sendo os heróis mais parecidos do que eles imaginam.

Na versão e-book, o próprio Riordan narra a versão em áudio, disponível em determinadas plataformas. Leitores também terão a oportunidade de ter acesso a uma prévia do quarto livro da série Os Heróis do Olimpo, The House of Hades (previsto para 8 de Outubro).

Confira o que Rick Riordan tem para dizer sobre a história (‘espere por grandes cenas de ação com crocodilo’), suas inspirações para as duas séries populares e seu envolvimento – ou falta disso – nas adaptações para o cinema de seus livros.

P. O que inspirou “The Son of Sobek”?
R: ”Son of Sobek” é a primeira vez em que misturo duas das minhas series, Crônicas dos Kane e Percy Jackson, então é mitologia grega encontra mitologia egípcia. É algo que os fãs tem me pedido para fazer já faz um bom tempo, e essa pareceu uma boa oportunidade de fazê-lo. Foi com certeza movido pelos leitores. Os fãs queriam uma mistura e eu pensei “Vamos ver o que acontece!”

P: O que significa o título da história?
R: Sobek é o deus crocodile do Egito, e o filho de Sobek seria um de seus seguidores. Então, sem revelar muito, você pode esperar uma grande cena de ação com crocodilo nesse livro. A capa mostra Carter e Percy em seu primeiro encontro e eu acho que fala por si mesma quando você a vê. Os dois não começam com o pé direito.

P: Seus heróis são tão diferentes. Como você enxerga eles interagindo?
R: Carter e Percy são tão diferentes quanto dois heróis podem ser. Percy é meio impetuoso e sarcástico e Carter é muito pensativo e reservado, então quando eles se encontram pela primeira vez é como petróleo e água. Eles não parecem ser um bom time a princípio, mas eles tem mais em comum do que você pensa. Na verdade, eles vão aprendendo a confiar um do outro e a trabalhar em equipe. Foi fascinante para mim juntar os dois, de dois mundos diferentes e ver o que acontecia.

P: Como você acha que os leitores responderão à dinâmica?
R: Bem, eu espero que eles se divirtam tanto lendo quanto eu tive ao escrever a história! Eles se deram tão bem juntos e a história ganhou uma vida própria. Meu único arrependimento é que a história é curta e não maior. Espero poder explorar essa dinâmica em uma forma mais longa algum dia.

P: Você vê uma série Percy-Carter no futuro?
R: Eu adoraria isso, mas não sei. Eu tenho muitas mais ideias do que eu poderia escrever durante meu período entre os vivos. É só uma questão de quais livros eu optarei por escrever, então eu tenho esperanças. Só que não tenho certeza ainda.

P: Você pode falar sobre sua ampla inspiração para as duas séries?
R:
A mais profunda eu encontro na mitologia, é onde eu mais encontro. Originalmente, eu fiz cinco livros de Percy Jackson. Eu pensava que ia cobrir toda a mitologia Grega e não poderia estar mais errado. Ela está sempre em expansão. Quanto mais eu a adentrava, mais eu descobria. E aqui estou eu, depois de ter escrito três livros sobre o Egito, agora nove na mitologia Grega, e eu ainda estou achando mais deuses e monstros sobre os quais eu não sabia a partir das fontes antigas. É como uma fonte inesgotável de coisas legais. Acho que essas histórias têm estado conosco por muito tempo porque exploram temas universais. Elas exploram amizade, lealdade, bravura, patriotismo, o que essas coisas significam? E todos os heróis são muito humanos. Alguns desses personagens tem 3000 anos de idade, mas ainda podemos entender porque eles fazem o que fazem, mesmo quando não estamos de acordo com suas razões.

P: Qual o seu envolvimento nos filmes de Percy Jackson?
R:
Eu não estou envolvido em na disso, então realmente não posso falar sobre. Eu não os assisti, eu fico longe deles. É a sua própria coisa deixando de ser sua, então realmente não posso comentar.

P: Pode falar um pouco sobre seu próximo projeto, que explora a mitologia Nórdica?
R:
Eu estou me preparando para lançar-me nele assim que terminar a série Heróis do Olimpo. É algo que eu sempre quis fazer durante o longo tempo em que estivo lendo mitos. Eu amo a mitologia Nórdica – Thor e Odin e Loki – personagens incríveis. É uma daquelas coisas nas quais não tive chance de entrar e escrever as ideias que tenho, mas finalmente estou tendo a chance, então é o próximo no meu prato.

P: Deve ser tão incrível ter muitas ideias e não ter tempo suficiente para escrevê-las.
R:
É um problema maravilhoso de se ter, e ter os jovens leitores lá fora esperando para lê-las, isto é sempre o melhor.

P: Qual a perspectiva que você traz como ex-professor?
R:
Eu estou para a escrita da mesma forma que estou para o ensino, que é meu objetivo, sempre formar leitores de vida longa. Tento criar livros que são divertidos, uma espécie de educação subversiva para as crianças, mas que não as façam sentir como se tivessem sendo ministradas, e quero que as crianças sempre terminem um dos meus livros e pensem: “Isso foi grandioso, onde está o próximo?”. Acho que é a coisa mais importante quando estamos conectando crianças aos livros, é tentar combinar o livro com elas e garantir que seja uma experiência divertida e gratificante fora da sala de aula.

P: Como as crianças vão além de suas séries e livros para se tornarem jovens leitores seguindo rumo à idade adulta, quais são os livros e autores que você acha que seriam uma boa progressão?
R:
Uau, ótima pergunta. Não acho que alguém tenha me perguntando isso antes. Sabe, acho que depende do que elas gostam, é muito individual de criança para criança. Existem alguns grandes escritores lá fora que fazem crossovers. Harlan Coben me vem à mente. Ele está escrevendo uma série para jovens adultos, mas também faz livros para adultos, um caso em que o autor pode crescer com a criança. E como você sabe, o mercado jovem-adulto é tão grande que já está saturado, por isso um monte de vezes, pessoas de mais de vinte, trinta, quarenta anos estão lendo os mesmos livros que os adolescentes. Acho que a linha, se é que existe uma linha, está se tornando cada vez mais indiscernível e acho que isso é totalmente bom. Todos estamos lendo os mesmos livros e falando sobre os mesmos livros e dando continuidade a este diálogo.

P: Eu sei que você está envolvido com a série interativa The 39 Clues. Como você vê o futuro dos livros e da leitura na era digital?
R:
Não sei. Acho que ninguém pode prever. Quem sabe onde estava cinco anos atrás? Não acho que a leitura esteja indo a algum lugar. Nós estaremos lendo, mas poderá ser em um tablet ou em um celular ou em um relógio ao invés da página impressa. Mas eu não acho que as histórias estão indo para algum lugar. Vamos mudar a entrega, mas os leitores sempre estarão lá.

P: Qual o entretenimento que você está amando agora?
R:
Eu leio muito. Leio quase tudo: não ficção, ficção adulta, livros infantis e infanto-juvenis. Realmente gosto de ler uma gama ampla. Também estamos na idade de outro da TV e eu adoro assistir TV. Existem alguns shows fantásticos lá fora. Sou um fã de Breaking Bad – que definitivamente não é um espetáculo para crianças – e Game Of Thrones, uma das melhores adaptações livro-tela que tem sido feita. Como sempre, os livros são melhores que os filmes, mas a série de TV faz isso muito bem. Sou um grande consumidor de mídia. O último livro que li foi uma grande fantasia chamada Akata Witch, de Nnedi Okorafor, que é basicamente sobre mitologia nigeriana. Foi ótimo.

P: O que podemos esperar de você?
R:
The House of Hades é o meu próximo livro, e será lançado no outono. Mostraremos a capa pela primeira vez no final de Maio, e acho que os leitores serão capazes de descobrir mais sobre o que está acontecendo com Percy e Annabeth, que é grande questão sobre a qual eles têm desejado saber.

Ainda não há previsão para o lançamento da história em português.

Fonte: USA TODAY