Hera

Hera é a rainha do Olimpo, mulher de Zeus, protetora do casamento e filha de Cronos e Réia. Seu animal preferido é o Pavão e é constantemente associada ao signo de Escorpião. Tem a fama de ser ciumenta, pois Zeus era muito infiel – entre todos os seus filhos, só dois foram de Hera: Ares e Hefesto.

Hera considerava muito o casamento – tanto que era tida como a protetora das mulheres casadas – e foi muito humilhada por Zeus com suas traições. Fato que muito a entristeceu foi quando Zeus sozinho gerou Atena, mostrando que não precisava de Hera nem para conceber um filho.

Um dos episódios de ciúmes de Hera foi com a deusa Calisto, que, por sua beleza, conquistou seu marido. Para separar os dois, Hera a transformou em uma ursa. Calisto ficou muito isolada de todos e com medo da floresta, por causa dos caçadores. Um dia, ao reconhecer seu filho Arcas nas matas, correu para abraçá-lo, mas Arcas, não reconhecendo sua mãe, já preparava sua lança. Hera, prevendo o que aconteceria, lançou um feitiço e enviou os dois aos céus como constelações – a Ursa maior e a Ursa menor. No entanto, ainda cheia de raiva de sua rival, Hera pede a Tétis e Oceano, divindades do mar, para que não os deixem descansarem em suas águas, e, assim, essas duas constelações sempre ficam em círculos e nunca descem para trás das águas como as outras estrelas.

Outro episódio de ciúme de Hera foi quando Zeus, sabendo que sua esposa o pegaria com uma de suas amantes, a transforma rapidamente em uma vaca. Hera, muito desconfiada, pede a Zeus aquela vaca de presente e o deus, não podendo negar um presente, a dá para sua esposa. Ela, então, coloca a novilha sob os cuidados de Argos, um monstro de muitos olhos, que, ao dormir, nunca fechava todos. Com isso, a novilha estava sempre sendo observada. Zeus, vendo o sofrimento da amante, pede a Hermes que mate Argos. Então, Hermes toca uma música, fazendo Argos dormir completamente e fechando todos os seus muitos olhos. Quando já estava imerso no sono, Hermes arranca-lhe a cabeça.

Hera, triste pelo acontecimento, pega todos os olhos e os coloca na cauda de seu pavão, onde eles estão até hoje. A deusa continua perseguindo a vaca, mas Zeus promete que não terá mais nada com a amante. Hera, assim, aceita a promessa e devolve a aparência à mortal.

Hera, durante muito tempo, não só perseguia as amantes, mas também os filhos que Zeus teve fora do casamento.

Em sua versão romana, Hera é chamada de Juno. O mês junho foi uma homenagem à deusa.

Fonte: InfoEscola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *